+1 809-565-3015 info@ccitprd.com
Número De ‘vistos Gold’ Atribuídos Em Março é O Maior De Sempre

Número de ‘vistos gold’ atribuídos em Março é o maior de sempre

A China continua a ser a nacionalidade que mais procura a atribuição
deste tipo de autorizações de residência em Portugal

Em Março foram concedidas 168 autorizações de residência ao abrigo do regime de ‘vistos gold’, o maior valor mensal de sempre, sendo que nos primeiros três meses deste ano foi atingido metade do número de vistos concedidos em 2015. Segundo a associação dos profissionais e empresas de mediação imobiliária de Portugal (APEMIP), entre o início de Janeiro e o final de Março foram emitidos 377 ‘vistos gold’, um número que permite elevar para 3.165 Autorizações de Residência para Actividade de Investimento (ARI), das quais 2.991 por via do requisito da aquisição de bens imóveis.

A China continua a encabeçar a lista de atribuições, com 130 ‘vistos gold’ concedidos em Março, e 273 no trimestre, números que representam mais de 70% do total. Entre as principais nacionalidades incluem-se ainda o Brasil, com 17 ‘vistos gold’ atribuídos em Março e 35 no trimestre, e a Rússia, com quatro atribuições em Março e 11 desde o início do ano.

Para o representante das imobiliárias, Luís Lima, estes números confirmam o sinal de retoma que se verificou no passado mês de Fevereiro, que poderá significar a normalização do processo, que esteve praticamente estagnado durante uma boa parte do ano passado, depois do rebentamento do escândalo de corrupção associado à aprovação deste tipo de processos. Recorde-se que a «Operação Labirinto«, levou à prisão de altos quadros do Estado e à demissão do ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.

“O número de vistos aumentou desde o mês passado, o que confirma que o processo de atribuição normalizou. Vamos agora continuar a monitorizar estes números e perceber qual o impacto que terá junto dos investidores internacionais”, salientou Luís Lima, Presidente da APEMIP, que se encontra numa missão empresarial a Pequim.

No total, os chineses mantêm-se no topo da lista dos cidadãos que mais investem neste programa, com um total de 2.475 vistos concedidos, seguindo-se o Brasil com 140, a Rússia com 108 a África do Sul, com 82 e o Líbano com 48.

Em termos de investimento total, desde a sua criação os ‘vistos gold’ á trouxeram para Portugal cerca de 1,9 mil milhões de euros, sendo que a aquisição de bens imóveis supera já os 1,7 mil milhões de euros.

Fuente: EconomicoCatarina Melo

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *